WhatsApp revela que transmite cerca de 100 bilhões de mensagens por dia

  • em 30 de outubro de 2020

Durante uma teleconferência de resultados financeiros do WhatsApp no terceiro trimestre, Mark Zuckerberg, presidente-executivo do Facebook, disse que, atualmente, o aplicativo de mensagens entrega cerca de 100 bilhões de mensagens por dia. Em uma breve comparação, esse número só havia sido atingido uma vez no ano passado, durante a véspera de Ano Novo. Com isso, pode-se afirmar que o WhatsApp atinge o topo de seus números de engajamento.

Anteriormente, outros concorrentes, como o iMessage e o FaceTime, disseram que também tiveram crescimento. No entanto, apesar de comentar essa informação, Tim Cook, presidente-executivo da Apple, não divulgou números exatos. A última vez que a empresa fez isso, ela estava abaixo do WhatsApp.

No início de 2014, foi divulgado que o WhatsApp foi usado para trocar cerca de 50 bilhões de mensagens diárias. Na época, o mensageiro tinha menos de 500 milhões de usuários. Agora, com estimativa de mais de dois bilhões de utilizadores, esse aumento é um movimento natural.

“Este ano, todos nós confiamos em mensagens mais do que nunca para manter contato com nossos entes queridos e fazer negócios”, disse Will Cathcart, chefe do WhatsApp. Ele ainda comentou o feito da plataforma. “Estamos orgulhosos que o WhatsApp seja capaz de entregar cerca de 100 bilhões de mensagens todos os dias e estamos animados com o caminho que temos pela frente”, finaliza.

E mais: Apple compra startup de inteligência artificial Vilynx por US 50 milhões

A Cielo, um dos parceiros que ajudou a trazer o WhatsApp Pay ao Brasil, espera que o Banco Central libere o início das operações do serviço ainda em novembro. O sistema de pagamentos lançado pelo Facebook vai permitir enviar e receber dinheiro direto no WhatsApp.

A expectativa foi revelada pelo presidente da Cielo, Paulo Caffarelli, durante a coletiva de anúncio do balanço financeiro da adquirente. No entanto, o executivo ressaltou que a empresa não está atuante nas conversas com o órgão regulador e não sabe dizer se o lançamento acontecerá antes ou depois do PIX, que será disponibilizado à população em 16 de novembro.

O WhatsApp Pay foi anunciado pelo Facebook no início do ano, e lançado no Brasil em junho, com o anúncio da parceria com a Cielo como adquirente da plataforma. Após suspender o serviço poucos dias depois, exigindo mais informações para autorizá-lo, o Banco Central autorizou, em agosto, que “um grupo limitado de cartões” realize transações “de baixo valor” usando o WhatsApp Pay com o objetivo de testar o uso do sistema.

Gostou? Nos siga no Instagram para mais conteúdos exclusivos.

Views:
220
Article Categories:
Notícias

Ver também