WhatsApp Pay: nova função permite pagamentos entre amigos e empresas

whatsapp pay é lançado no brasil

O Whatsapp Pay, ferramenta exclusiva no Brasil, está sendo lançada pelo Facebook para ajudar pequenas empresas 

A partir desta segunda-feira (15), o WhatsApp libera seu serviço de pagamentos entre pessoas físicas e lojistas. Com a nova função, os usuários do aplicativo poderão fazer transferências monetárias entre si e pagar produtos ou serviços. Nesta primeira fase, apenas quem tiver cartões de crédito ou débito do Nubank, do Banco do Brasil e do Sicredi poderão usar o serviço de pagamentos. A responsável pelo processamento de pagamentos será a Cielo.

O recurso já estava disponível na Índia – maior mercado do aplicativo. A função utiliza a estrutura do Facebook Pay, que também é compatível com o Facebook, Instagram e Messenger. Um exemplo citado pelo WhatsApp é fazer vendas diretas pelo app, aproveitando o recurso de catálogo de produtos. Clientes de lojas podem consultar o acervo de itens, tirar dúvidas e fechar a compra, sem trocar de aplicativo.

E mais: Facebook vai começar a notificar usuários que reagirem à fake news sobre covid-19

Para evitar compras acidentais, a transação é autorizada apenas após o preenchimento de uma senha de seis dígitos ou a aprovação com algum recurso de biometria do celular – reconhecimento facial ou impressão digital, por exemplo.

Como vai funcionar o WhatsApp Pay?

Para que usuários possam enviar e receber dinheiro pelo WhatsApp será preciso cadastrar um cartão na função Facebook Pay. De acordo com o WhatsApp, será preciso incluir a senha (ou reconhecimento biométrico do celular) toda vez que o usuário for enviar dinheiro. As informações de cartão também são encriptadas. Veja como vai funcionar:

  • Haverá uma função, no mesmo menu do envio de imagens, chamada “Pagamento”;
  • Quando o usuário clicar nela, o aplicativo vai pedir um valor e redirecionar para a criação de uma conta;
  • Será preciso aceitar os termos de uso da plataforma e criar uma senha número de 6 dígitos;
  • Depois, o usuário vai precisar incluir nome, CPF e um cartão emitido por um dos bancos participantes;
  • Será preciso verificar o cartão junto ao banco, recebendo um código por SMS, e-mail ou aplicativo do banco.

Transações entre pessoas físicas

Para realizar transferências, é necessário que as duas pessoas tenham conta em alguma das instituições financeiras credenciadas. As transações não têm taxa e são concluídas no mesmo dia, se respeitado o horário de funcionamento da instituição, ou no próximo dia útil. Na função, apenas cartões de débito serão aceitos.

É possível enviar até R$ 1 mil por transação e receber até 20 transações por dia, respeitando o limite de R$ 5 mil por mês. Ainda, cada transação realizada deverá ser liberada com uma senha (PIN) ou por biometria. Segundo a empresa, o mecanismo garante que nenhuma ação seja realizada sem o consentimento do usuário, mesmo que o smartphone seja perdido ou roubado.

Entre empresas

Negócios poderão usar o recurso pelo WhatsApp Business. Será necessário cadastrar ou criar uma conta da Cielo pelo Facebook Pay, fornecendo dados como CNPJ, endereço e conta bancária da empresa. Após o cadastro, o aplicativo levará até três dias para liberar a função.

As empresas não precisam ter uma conta em uma das instituições parceiras para receber pagamentos. Cada transação terá uma taxa de 3,99% e o dinheiro será recebido em até dois dias úteis. Não há limite de transações desse tipo.

Já os clientes que quiserem pagar pelo WhatsApp Pay precisarão ter um cartão de uma das instituições parcerias. Serão aceitos cartões de crédito e débito sem nenhum custo extra para o consumidor.

Views:
661
Article Tags:
Article Categories:
Notícias

Ver também