Twitter admite ter vazado telefones de usuários

  • em 10 de outubro de 2019

Assim como ocorreu com o Facebook, mais uma gigante das redes sociais admitiu problemas para resguardar os dados de seus usuários. Nessa semana, o Twitter anunciou que uma carga de e-mails e números de telefones celulares particulares pode ter sido copiada e, sem qualquer permissão, servido de objeto para campanhas publicitárias.

“Foi um erro e pedimos desculpas”, diz a empresa, por nota. “Não podemos dizer com certeza quantas pessoas foram impactadas por isso, mas em um esforço para sermos transparentes, queremos deixar todos cientes”.

Ainda segundo a nota, os dados não teriam sido compartilhados para fora do círculo de gerenciamento do Twitter. Porém, acabaram direcionando anúncios dentro da própria plataforma.

E mais: Instabilidade nas redes sociais do Facebook Inc

Por conta da falha, mudanças foram feitas. A empresa diz que o problema já havia sido corrigido em 17 de setembro. Afirmou que, desde que foi descoberto o vazamento, passou a não mais pedir e-mails e números de celulares como ferramentas de autenticação de segurança.

Telefones

No mês passado, os números de telefones já foram dor de cabeça para o Facebook. 419 milhões de telefones cadastrados na rede social foram vazados. Os números eram de residentes dos Estados Unidos, Reino Unido e Vietnã. Mais do que números, alguns usuários também tiveram a localização e os nomes expostos.

Os vazamentos não são tão raros na empresa Mark Zuckerberg Em 2018, o Facebook compartilhou, sem consentimento, o conteúdo de 87 milhões de perfis com a Cambridge Analytica, empresa de inteligência de dados que participou da campanha de eleição de Donald Trump.

Veja também:

Cofundador do Facebook auxilia Governo dos EUA contra sua antiga empresa

Gigantes de tecnologia enfrentam desconfiança nos EUA

PayPal abandona criptomoeda do Facebook

Views:
321
Article Categories:
Notícias

Ver também