FBI apoia lei contra a Tik Tok

  • em 6 de março de 2020

A chinesa Tik Tok, rede social com 1,5 bilhão de usuários por mês, está enfrentando problemas legais para se expandir pelos Estados Unidos. Funcionários do Departamento Federal de Investigação (FBI) incentivam a aprovação de um projeto de lei que proíbe a instalação do aplicativo em smartphones, computadores e outros equipamentos de uso estatal.

A alegação é que a Tik Tok poderia ser explorada pelo serviço de inteligência do governo chinês. Os funcionários do FBI que levantaram a suspeita chegaram a participar de uma audiência no senado norte-americano, casa de onde saiu o projeto de lei, proposto pelo senador republicano Josh Hawley.

O político classificou o aplicativo como um “importante risco de segurança de segurança para o público americano”. Opinião corroborada por Clyde Wallace, que atua na divisão de crimes cibernéticos do FBI. A TikTok é um exemplo de aplicativo sobre o qual o cidadão médio não entende as implicações do que há por trás”, disse Wallace, para a agência de notícias AFP. “Basicamente está controlada por um ator com apoio estatal”.

A preocupação de Wallace está na segurança dos cidadãos. Ele afirma que o app pode coletar dados pessoais, localização, números de contas bancárias e cartões de crédito, e até dimensões corporais, como traços dos rostos.

Bryan Ware, que trabalha no setor de cibersegurança do Departamento de Segurança Doméstica, explica que essas informações podem representar riscos aos Estados Unidos em mãos de uma nação estrangeira. “A China tem programas impressionantes de coleta de dados, assim como o desenvolvimento de inteligência artificial e análise se dados para propósitos que não conhecemos de todo, e isso deveria nos preocupar enormemente”, disse. “Não deve haver nenhum lugar para aplicativos como o TikTok em aparelhos ou redes de governo”.

E mais: UE pressiona big techs em nova lei

Crescimento da Tik Tok

A TikTok garante que suas operações não são influenciadas pelas autoridades chinesas, nem de qualquer país. Criado em 2016, o aplicativo que permite a publicação de vídeos de 15 segundos foi o terceiro mais baixado do mundo na Apple Store e Google Play Store, ultrapassando Facebook e Instagram, atrás do WhatsApp e do Messenger. Foram 750 milhões de downloads. Estima-se que há 500 milhões de usuários apenas em seu país de origem. 41% deles são jovens entre 16 e 24 anos.

A empresa vem se fortalecendo entre as gigantes da tecnologia mundial. Em agosto de 2018, quando ocorreu a sua última rodada de financiamento, o valor da Tik Tok já era estimado em 67 bilhões de euros.

Veja também:

Cofundador do Facebook auxilia Governo dos EUA contra sua antiga empresa

Gigantes de tecnologia enfrentam desconfiança nos EUA

Fundadores do Google deixam o comando da empresa

Views:
1216
Article Categories:
Notícias

All Comments

Ver também