Startup é criada para desvendar “fake news”

A desinformação gerada pelas famosas “fake news” é um problema social que deve ser combatido com a ajuda de todos. Quem garante é Graham Brookie, diretor da startup Digital Forensic Research Lab (DFRLab), cujo foco é engajar pessoas, entidades e organizações no combate a esse problema.

Em entrevista à Época Negócios, Brookiee diz que o DFRLab trabalha para identificar, expor e explicar às “fakes news” usando apenas dados públicos. O financiamento da startup, que foi criada pela Atlantic Counsil, vem através de investimentos de patrocinadores que buscam resultados sociais, além de ganhos com publicidade em canais de mídias e parceiros.

O êxito da DFRLab em suas pesquisas se deve à sequência de três passos. O primeiro é se basear apenas em fatos. O segundo é causar impactos na população, sejam eles positivos ou negativos. E o terceiro é “cultivar a resiliência” das pessoas em relação ao digital. Para Brookie, é necessário alertar a população da imensidade de dados que elas compartilham e o impacto que isso causa para o convívio social.

Novos termos

A expressão “fake news” não é usada pelos colaboradores da startup. O pessoal se utiliza de dois novos conceitos. Desinformation” consiste em uma notícia falsa compartilhada conscientemente, com intenção e pleno conhecimento de seu significado. Já “misinformation” identifica o conteúdo compartilhado sem intenção, com menos pensamento crítico.

No mercado já existem tecnologias capazes de identificar as “fake news”, mas o principal plano para o futuro de uma comunicação mais assertiva e séria é “garantir que as pessoas não sejam manipuladas” diz Brookie. Ele ainda deixa um recado indicando os próximos passos. “Acho mais urgente encontrar maneiras de engajar essas pessoas do que gastar nossos esforços em tecnologias malucas”.

Para saber mais sobre inovação, tecnologia e o ecossistemas de startups, siga nosso portal nas redes sociais @PortalNeoRadar.

Veja mais:
Saiba como a hospedagem do seu site pode afetar sua segurança e privacidade online
O futuro do ecossistema de startups brasileiro, por Rom Justa
Startup de transporte coletivo inicia operação no Brasil

Visualizações:
4066
Categorias:
Notícias

Ver também