Startup capta investimento de US$ 2,5 mi para acelerar novas ideias

A Alchemist Accelerator, com sede em São Francisco, Califórnia, começou em como um experimento para ajudar pequenos empreendedores a promover os seus negócios. Contudo, em pouco mais de seis anos, a empresa se transformou em uma grande aceleradora dentro do Vale do Silício.

Nessa semana, antes de apresentar o 20º Demoday, a startup anunciou um novo investimento de US$ 2,5 milhões. A Juniper Networks, uma empresa de soluções de rede e segurança cibernética, liderou a rodada, com participação da Siemens, através da startup Next47.

Lançada em 2012 por Ravi Belani, a Alchemist fornece consultoria para startups cujo o fluxo de receita vem de outras empresas. O programa de orientação dura seis meses e as startups participantes, todas relacionadas a tecnologia e inovação, ainda recebem um apoio inicial de U$ 36 mil.

De acordo com números fornecidos pela Alchemist, 115 empresas do seu portfólio conseguiram arrecadar um total de US$ 556 mi em acordos de capital. Outras 25 empresas foram adquiridas. Uma das mais recentes foi a M4, comprada da MightyHive por US$ 150 milhões, o maior projeto da Alchemist até hoje. Anteriormente, a Alchemist já tinha anunciado alguns fundos de capital de risco, incluindo um financiamento de US$ 2 milhões em 2017, liderado pela General Electric,  e um investimento não revelado da Salesforce.

Entre outros nomes importantes envolvidos em projetos da aceleradora, estão a Rigetti Computing, a LaunchDarkly, que ajuda as startups de soft-launch, e a empresa de drones Matternet.

Siga-nos nas redes sociais.
@PortalNeoRadar

 

Veja mais:
Startup de delivery na Índia recebe investimento bilionário
Desafios e oportunidades do financiamento à inovação
Veja como as startups chamadas “unicórnios” estão se movimentando para um modelo de capital participativo
A Netflix anuncia contratação de CFO que já atuou na Activision Blizzard e nas empresas Disney

Curtidas:
3 0
Visualizações:
1697
Categorias:
Notícias