Saiba como a Inteligência Artificial está presente no seu dia a dia

  • em 3 de agosto de 2020
inteligência artificial

Você sabia que a definição de Inteligência Artificial surgiu nos anos 50? Esta tecnologia, que começou realmente a avançar nos anos 2000, hoje faz parte da nossa rotina e você é impactado por ela o tempo todo. Vamos te mostrar como.

“A proposta é usar todo o nosso conhecimento para construir um programa de computador que saiba e, também, conheça”, resumiu o cientista da computação John McCarthy, em 1956, durante uma conferência na Universidade Dartmouth, nos Estados Unidos, na qual apresentou o termo “inteligência artificial”. Naquele momento, era formalizada a busca por máquinas capazes de livrar os seres humanos de tarefas repetitivas, além de ser atualizada, por um novo termo, uma antiga ambição humana que nasceu muito antes dos chips de silício.

Hoje em dia, a inteligência artificial (IA) se faz onipresente. Para se ter uma ideia clara de como a inteligência artificial está ativa na vida moderna, basta visitar a loja física do mercado Zaitt, em São Paulo. Nela, não há humanos em nenhum ponto do atendimento. Quando o cliente escolhe um item nas gôndolas, sensores de movimento conectados a um poderoso software monitoram se o produto foi escaneado no caixa. Na hora de pagar, não há fila: o valor é debitado da conta do cliente, que teve de se cadastrar antes de entrar no estabelecimento. Para isso, basta passar o celular em um sensor que está sincronizado com um aplicativo bancário. Nesse exemplo, trabalhadores humanos existem só nos bastidores, recebendo as ordens da IA que faz o balanço dos produtos que devem ser repostos. 

E mais: Saiba como será a Internet do futuro desenvolvida em Santa Rita do Sapucaí

De uns tempos pra cá, a IA vem ganhando cada vez mais espaço no Brasil. A Microsoft anunciou a criação de um AI Industry Board (Comitê da Indústria para Inteligência Artificial) junto a outras empresas e organizações, aqui no país. A meta do projeto é se reunir trimestralmente para discutir o uso ético e responsável da IA, além dos desafios e oportunidades trazidos por esta tecnologia. A conferência inaugural contou com a presença de executivos de empresas como Bradesco, Vivo, Grupo Fleury, Sulamérica e Car10, além da participação de Miriam Wimmer, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC). O AI Industry Board tem foco no uso responsável desta tecnologia, compartilhando boas práticas adotadas por empresas e organizações de vários segmentos, aprendendo todos juntos a promover o desenvolvimento da inovação no Brasil.

Veja outros exemplos de como a Inteligência Artificial está integrada à nossa rotina:

1. Assistentes virtuais

A criação de assistentes pessoais virtuais é uma das aplicações de IA mais utilizadas, atualmente. Seja a Siri, Cortana, Alexia, eles funcionam em diversos celulares e auxiliam em tarefas básicas como definir alarmes, lembrar compromissos, ligar para outros números, informar a previsão do tempo, entre outras funcionalidades. O Google Maps e muitos outros também entram nos assistentes que salvam rotinas e agendas por aí.

2. Medicina

Exames e diagnósticos sofisticados dependem de IA para serem mais precisos. Tratamentos contra alguns tipos de câncer também se desenvolvem com a ajuda dela.

Um exemplo atual de Inteligência Artificial na medicina é a Stratasys, que anunciou mobilização global dos recursos e experiência em impressão 3D da empresa para ajudar no combate à pandemia atual da Covid-19. A empresa pretende fornecer milhares de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) descartáveis para os profissionais da saúde.

3. Transporte

Aqui a atuação da IA é soberana, atualmente. No caso do transporte público, eixste o rastreamento. No caso de particular, para escolher melhores rotas, evitando trânsito e estradas acidentadas, chamando o próximo passageiro e por aí vai. Já no transporte rodoviário de cargas, essa tecnologia ajuda a aumentar a lucratividade das empresas e impulsionar a logística por terra, água e ar, ajudando aquela sua compra pela internet a chegar, com qualidade e rastreada, no menor tempo possível. Robôs com inteligência artificial fazendo um sofisticado trabalho de gerenciamento de cargas para alcançar os melhores resultados em entregas.

4. Alimentação

Aqui, IA não se restringe apenas nos apps que entregam alimentos, mas revolucionando a forma como os procedimentos da indústria de alimentos e bebidas são realizados, na relação ao atendimento ao consumidor, processos de fabricação, manuseio, gestão da cadeia de suprimentos e embalagens.

Para que você entenda o tamanho da evolução, algumas empresas especializadas contam com um acervo de algoritmos fundamentados em IA, que tornam capaz a obtenção de grandes volumes de dados para aprender os mais variados padrões de processos logísticos, incluindo campanhas de marketing, sazonalidades, produtos mais vendidos, entre muitas outras informações deste mercado, tudo com foco na experiência do usuário.

5. Entretenimento

Fora os aplicativos que mudam avatares, fotos, edições destas fotos, tudo ao nosso alcance nos dispositivos móveis, podemos colocar neste barco do entretenimento também os serviços de streaming, cinema e uma outra infinidade de aplicações incríveis na produção de conteúdo, com algoritmos tratando textos, imagens, áudio e vídeo.

E, calma, pois aqui não esquecemos de citar o universo dos games, outro espaço onde a inteligência artificial está mudando a forma como jogamos. Com a chegada de acessórios como os óculos de realidade virtual, a imersão do usuário só aumenta, proporcionando experiências nunca antes vividas.

Essas são só algumas das formas de uso da Inteligência Artificial. Gostou? Conta pra gente! Aproveite e nos siga no Instagram para ver conteúdos exclusivos.

Views:
436
Article Categories:
Análises

Ver também