Retrospectiva Neo Radar: Confira as melhores matérias de 2020

  • em 28 de dezembro de 2020

O ano de 2020 está chegando ao fim. Por esse motivo, que tal relembrarmos as melhores matérias do Portal Neo Radar? Esse foi um ano movimentado para o setor da tecnologia e da inovação. Relembre tudo o que aconteceu!

Janeiro

Primeira aquisição feita pelo Nubank é realizada

A consultoria Plataformatec foi a primeira aquisição feita pelo Nubank. A compra foi anunciada no dia 6 de janeiro. De acordo com a cofundadora da fintech, Cristina Junqueira, em entrevista exclusiva ao Estado de S. Paulo, a qualidade do trabalho da equipe da consultoria foi um dos fatores de compra.

Ao todo são 50 engenheiros especialistas em softwares e metodologias ágeis que passarão a integrar a equipe de desenvolvimento do Nubank. “Nosso maior gargalo hoje é na área técnica e o time da Plataformatec já vinha prestando consultoria para nós há algum tempo, com um nível muito bom de talentos”, explica Cristina.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui

Fevereiro

Novidade da Uber contradiz seu modelo de negócio

A Uber lançou, em fevereiro, um teste que da possibilidade de pedir uma viagem por telefone. Ao discar 1-833-USE-UBER – o que corresponde a 1-833-873-8237 – os usuários terão a oportunidade de conversar com um atendente e solicitar uma corrida. É possível escolher a modalidade e são disponibilizadas informações sobre o preço. Informações importantes como previsão de chegada, nome do motorista e a placa do veículo serão recebidas pelo passageiro através de um SMS.

Apesar da novidade, não há a possibilidade do passageiro não possuir nenhum celular. No entanto, isso o livra da obrigação que existe atualmente de possuir internet ou que o aparelho seja compatível com o aplicativo. A iniciativa está sendo testada no Arizona, nos Estados Unidos, e em breve pode ser expandida para outros locais. O objetivo é atingir principalmente a população que não possui afinidade com aplicativos, mas que sabem pedir corridas à moda antiga. A Uber, que nasceu na era da internet, sempre teve a população mais jovem como público-alvo e com a novidade parece se reinventar para atrair novos clientes.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui

Março

Nubank lança fundo de R$ 20 mi para ajudar clientes

Enquanto especialistas já contabilizavam os impactos da pandemia na economia global, algumas empresas atuavam para minimizar os danos, não só em seus caixas, mas também de seus clientes. O Nubank, a maior fintech da América Latina, lançou em março um fundo de R$ 20 milhões para ajudar seus correntistas.

Eles receberam crédito a ser aplicado em serviços de empresas parceiras, que são o hospital Sírio-Libanês, as startups de entregas iFood e Rappi, a loja de pets Zee.Dog e a plataforma de terapia online Zenklub. O valor destinado ao fundo tem sua origem na diminuição dos custos do Nubank, que reduziu as operações nesse período em que há isolamento social.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui

Abril

Rappi inicia teste com robôs para entrega em domicílio

Devido à pandemia do coronavírus, a startup colombiana Rappi conduziu entregas através de robôs. Dessa forma, a entrega de comida em domicílio para as pessoas que estão em isolamento social se tornou mais segura. A iniciativa começou em abril em Medellín, segunda maior cidade da Colômbia.

Os robôs, que viajam sobre quatro rodas e são decorados com bandeiras laranjas em suas antenas, transportam entregas de até 35 centímetros quadrados e são usados para fazer o transporte de pedidos de restaurantes pagos digitalmente. Os robôs completam a última milha das entregas e são desinfetados antes e depois de cada uso, disse a Rappi. Os robôs são operados conjuntamente pela Rappi e pela KiwiBot, dos Estados Unidos.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui

Maio

Uber demitirá 3 mil funcionários em segundo corte no mês

A Uber anunciou que cortará cerca de três mil empregos, além dos 3.700 informados no início do mês de maio. O setor de transportes por aplicativo entrou em colapso, já que a pandemia fez com que as atividades de todo o mundo fossem paralisadas para conter a propagação do vírus. Ambas as demissões equivalem a 25% de toda a força de trabalho que a Uber tinha no fim do ano passado. A empresa fechou dezembro com 26.900 funcionários no mundo, 40% deles nos Estados Unidos.

A empresa também anunciou que irá fechar 45 escritórios em todo o mundo. Os escritórios a serem fechados ainda não foram divulgados. O presidente afirma, em carta enviada aos funcionários e obtida pelo jornal The Wall Street Journal, que o braço de entrega de refeições da Uber, o Uber Eats, tem tido crescimento durante a crise, mas que “o negócio hoje não chega perto de cobrir nossas despesas”. A empresa planeja compensar os trabalhadores demitidos com pelo menos 10 semanas de salário e manter os benefícios de saúde até o final deste ano.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui

Junho

Pesquisa aponta que concreto reciclado com madeira é melhor que concreto novo

Uma estrutura de concreto demanda tempo de produção e gera uma quantidade considerável de entulho. Por esse motivo, o concreto reciclado é um conceito cada vez mais crescente na construção civil, e capaz de dar novas qualidades ao gerenciamento de suas obras.

Engenheiros da Universidade de Tóquio conseguiram achar uma técnica que recicla concreto e restos de madeira deixados pela construção civil. A mistura inusitada permite fazer um produto reciclado que supera a resistência do concreto original. Em comparação com a reciclagem dos plásticos, por exemplo, que sempre resulta em materiais inferiores às matérias-primas virgens, a mistura do concreto antigo, retirado de construções demolidas, com madeira igualmente descartada pela indústria ou pela população, fica melhor do que o original.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui

Julho

Saiba como ver animais em 3D com o recurso de realidade aumentada do Google

Um recurso do Google que permite projetar animais em 3D usando a câmera do celular viralizou no Brasil. Tubarão, cachorro, gato, leão e até dinossauros podem aparecer na sala da sua casa com a ajuda da realidade aumentada. O recurso, lançado no ano passado, viralizou nas redes sociais, principalmente entre usuários que ainda não conheciam o serviço.

O recurso demanda dispositivos com sistemas Android 7 ou superior, e iPhones com iOS 11 ou superior. No entanto, para projetar os animais em ambientes desejados é preciso ter um aparelho com suporte para plataforma de Realidade Aumentada do Google ARCore. Em iPhones a tecnologia é compatível com modelos 6S em diante, além do iPad e iPod Touch de 7ª geração. Entre os aparelhos com Android, estão inclusas as linhas Motorola Moto G a partir do modelo G5S e superior, a linha A da Samsung a partir do modelo A3, bem como os Samsung J5, J5Pro, J7 e J7Pro. No site do Google é possível obter a lista completa dos aparelhos compatíveis.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui.

Agosto

Harvard disponibiliza gratuitamente e em português seu curso mais popular

A Fundação Estudar lançou uma versão em português gratuita do curso de Introdução à Ciência da Computação CS50, da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Conhecido como o curso mais popular da instituição de ensino norte-americana, o programa expõe conteúdos e atividades práticas sobre o funcionamento de computadores e da internet, assim como apresenta os alunos à lógica de programação.

A versão traduzida do CS50, é ministrado por Gabriel Guimarães, que fez o curso original de Harvard de forma online em 2011, quando tinha 17 anos. Graduado em computação pela universidade, Guimarães obteve a autorização do instrutor original do programa, David Malan, para reproduzir as aulas em português.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui.

Setembro

Qual a diferença do PIX para TED, boletos e cartões de débito e crédito?

O PIX é um meio de pagamento que vai enviar e receber dinheiro em questão de segundos, 24 horas por dia, em todos os dias do ano. Mas você sabe, de fato, como o pagamento instantâneo será diferente das formas de pagamento já existentes: TED, cartões e boletos? Pois essas diferenças são essenciais para saber o quanto a plataforma brasileira é inovadora e disruptiva e entender qual será o impacto dela nas suas finanças a partir de novembro.

O Banco Central anunciou que em outubro os consumidores já poderão se cadastrar para usar o PIX. O objetivo é que os mais diversos pagamentos passem a ser tão fáceis, simples, intuitivos e rápidos quanto realizar um pagamento em dinheiro.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui.

Outubro

CSN entra com pedido de IPO da unidade de mineração; Saiba quais os impactos no setor mineral

Uma das histórias mais antigas do mercado de capitais brasileiro chegou a um momento decisivo. A CSN anunciou em outubro que entrou com pedido de registro de oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da unidade de mineração.

A abertura de capital da unidade que inclui a mina Casa de Pedra é aguardada há pelo menos uma década e ganhou status de lenda urbana na região da Avenida Faria Lima, onde se concentra o mercado financeiro. Após vários adiamentos, o IPO pode movimentar até R$ 10 bilhões.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui.

Novembro

Google Fotos muda regras para armazenamento ilimitado

O Google anunciou mudanças em suas políticas de armazenamento de dados que encerram o suporte para upload gratuito e ilimitado de imagens no serviço Google Fotos. Anunciadas em um post no blog oficial da plataforma, as novas regras passam a valer a partir de 01 de junho de 2021.

Por padrão, cada usuário do Google tem 15 GB de espaço gratuito para armazenar fotos, vídeos, e-mails, documentos e arquivos. Mas alguns itens não contam nesse limite: usuários do Google Fotos, por exemplo, podem armazenar quantas imagens quiserem desde que as enviem convertidas para a qualidade “alta”, em vez dos arquivos originais.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui.

Dezembro

Pfizer é aprovada para uso no Reino Unido, mas pode ser “excluída” do Brasil

O Reino Unido aprovou no dia 2 de dezembro o uso da vacina contra covid-19 produzida pela Pfizer e pela BioNTech. O anúncio foi feito pelo ministro da Saúde britânico, Matt Hancock, que prevê iniciar a vacinação na semana que vem.

A aprovação foi concedida com base nos resultados mostrados durante a terceira fase de testes clínicos, que mostrou uma eficácia de 95% entre os voluntários. O pedido foi feito pela fabricante às autoridades de saúde dos EUA, Reino Unido, Austrália, Canadá e Japão em 20 de novembro.

Leia a matéria completa e relembre o assunto clicando aqui.

Gostou do nosso conteúdo? Nos siga no Instagram e tenha acesso a mais materiais exclusivos!

Views:
256
Article Categories:
Análises

Ver também