Startup paulista interliga aplicativos de mobilidade

  • em 17 de setembro de 2019
mobilidade urbana

O deslocamento nos grandes centros urbanos nem sempre é possível por apenas um meio. As pessoas usam carros próprios, de aplicativos, metrô, ônibus, táxis, patinetes e bicicletas. Informar sobre qual veículo te levará mais rápido ao seu destino é a proposta da Quicko, startup paulista que vem chamando a atenção de grandes investidores.

A proposta da Quicko, criada no início do ano, é unir em um único aplicativo todas as plataformas de mobilidade disponíveis. Estão lá, por exemplo, a 99, o Uber, a Grin e a Yellow. Em operação, por enquanto, na região da Grande São Paulo, a startup busca ampliar a sua abrangência. Para isso, conta com apoio de parceiros. Recentemente, recebeu um aporte de US$ 10 milhões, provenientes da concessionária CCR, criadora do Sem Parar, pelo J2L, fundo de private equity do Rio de Janeiro.

“Usamos dados de mobilidade urbana para construir uma solução que traga conveniência”, diz Pedro Somma, um dos executivos da Quicko, em entrevista ao Portal Exame. Segundo ele, a startup é capaz de oferecer trajetos que economizem em até 30% o tempo do usuário, já que consegue integrar as diferentes formas de transporte.

E mais: Sem Parar amplia rede de negócios para além dos pedágios

Aprendizado

Somma comemora a parceria com a concessionária e não apenas pelos recursos empregados. “Podemos fazer uso dos próprios ativos da CCR para melhorar nosso aplicativo, como os dados dos usuários que passam por suas rodovias”.

A paulista Quicko é a primeira startup brasileira a receber investimentos da CCR. Segundo o presidente Leonardo Viana, desde que o grupo vendeu o Sem Parar, em 2016, há uma procura por projetos que possibilitem melhorar o tráfego nos grandes centros. A CCR se preocupa, por exemplo, em encontrar soluções para os pedágios e as catracas de metrô.

“São mais de um bilhão de interações desse tipo por ano, mas não conhecemos a necessidade dessas pessoas. Como ajudá-los mais no seu dia a dia?”. A resposta, segundo o executivo, pode estar na Quicko.

Veja também:

Brasil é o país que possui 8 das 20 empresas mais inovadoras da América Latina

Ranking das startups brasileiras mais promissoras

A expansão tecnológica e do ecossistema de startups brasileiro

Views:
762
Article Categories:
Notícias

Ver também