Pesquisa aponta medo e otimismo em relação à IA

  • em 17 de maio de 2019

Os avanços tecnológicos facilitam a vida de bilhões de pessoas. Auxiliam das rotinas de trabalho às horas de lazer. Mas também geram medo, sobretudo de ordem econômica. Esse caráter dúbio está explícito no Digital Government Benchmarking, estudo conduzido pela norte-americana Boston Consulting Group (BCG), publicado nesta semana.

Foram entrevistadas, via internet, 14 mil pessoas de diferentes países, não incluindo o Brasil. A pesquisa demonstrou que há uma preocupação grande em relação à Inteligência Artificial (IA) e a provável eliminação de empregos que ela promoverá. 61% dos que responderam acreditam que a tecnologia inibirá ou até inviabilizará a contratação de mão de obra pelas empresas. 58% defendem que o poder público regulamente, de alguma forma, a aplicação do IA para proteger as vagas já existentes.

Na mão inversa, muitos defenderam a tecnologia como instrumento do Governo para melhorar a vida do cidadão. As facilidades proporcionadas na mobilidade urbana e no atendimento ao cidadão, que tende a ser menos burocrático, foram exaltadas. A percepção, em geral, foi positiva. Exceção ao uso da IA pelo poder judiciário, principalmente em decisões sobre condenação.

O teor das respostas variou por países. Os entrevistados que vivem em locais com altos níveis de corrupção e violência defenderam de forma mais enfática a aplicação da IA pelos governantes. Há, porém, quase um consenso de que falta transparência no uso da tecnologia pelo Estado. “Os governantes deveriam fazer mais para conscientizar o público sobre os benefícios de IA. Em muitos casos, cidadãos sequer sabem que determinados governos já usam inteligência artificial para automatizar processos”, diz uma das conclusões do estudo, de acordo com matéria postada no portal da Época Negócios.

Para saber mais sobre inovação, tecnologia e o ecossistemas de startups, siga nosso portal nas redes sociais @PortalNeoRadar.

Veja mais:
Inteligência Artificial contribui para mobilidade de pessoas em situação de cadeira de rodas
Walmart inaugura unidade de supermercado inteligente
Realidade Aumentada mudará nossa forma de interagir com o mundo

 

Ver também