Nubank negocia com gigante japonês aporte de US$ 1 bi

O avanço da Nubank pelo país e a sua expansão pela América Latina vêm chamando a atenção de investidores estrangeiros. A fintech brasileira estaria negociando um grande aporte com o fundo japonês SoftBank. O possível acordo, revelado pela Reuters e publicado pelo portal Exame, giraria em torno de US$ 1 bilhão.

A empresa não confirma as cifras nem a parceria. “A Nubank está sempre avaliando oportunidades para novas captações de recursos”, diz a nota publicada pelo portal. De toda forma, o Nubank busca novas somas para o seu plano de internacionalização. Ele pretende acionar rodadas de investimento para abrir filiais no continente, como a que inaugurou no México, em maio.

Tudo indica que não será uma tarefa difícil. Desde que surgiu, há cinco anos, o Nubank sempre esteve envolto em bons aportes. Já conseguiu levantar mais de US$ 400 milhões. Entre os grupos que apostaram na fintech estão Sequoia Capital, Kaszek Ventures e Tiger Global Management. No fim do ano passado, ela teria recebido em torno de US$ 180 milhões da chinesa Tencent, a quinta maior empresa de internet do mundo.

Captação gigante

Segundo Cristina Junqueira, vice-presidente de operações, esse montante ainda não foi empregado no projeto de expansão da marca. Também não confirmou se o dinheiro servirá para ampliar a prateleira do Nubank, com a oferta de empréstimos pessoais. A empresa conta, no Brasil, com 8,5 milhões de clientes, que se utilizam do cartão de crédito e da conta de pagamentos.

O SoftBank deverá ser o maior investidor nessa trajetória vencedora. Em 2019, o banco destinou US$ 5 bilhões para ancorar empresas latinas de tecnologia, com alto potencial de crescimento. No mês passado, anunciou um aporte também de US$ 1 bilhão no colombiano Rappi, aplicativo de entregas. Um volume menor, de US$ 150 milhões, já havia sido destinado à paulita Loggi, do mesmo setor.

 

Veja também:
Estudo aponta crescimento das fintechs brasileiras
Fintechs possuem taxa de crédito menor do que a de grandes bancos
Novo “unicórnio” brasileiro, startup Loggi

Visualizações:
12162
Categorias:
Notícias

Ver também