Novo trem movido a hidrogênio vai ser testado na Alemanha

  • em 30 de novembro de 2020

A Deutsche Bahn (DB), operadora ferroviária nacional da Alemanha, quer substituir os trens a diesel com o Mireo Plus H. O novo trem será movido por células de combustível de hidrogênio e baterias de íon-lítio, com testes programados para começar em 2024.

A empresa alemã está se juntando com a Siemens Mobility para desenvolver o Mireo Plus H, que terá um alcance de 600 quilômetros e velocidade máxima de 160 quilômetros por hora.

Ele irá viajar entre as cidades Tübingen, Horb e Pforzheim, no estado de Baden-Württemberg, localizado no sudoeste da Alemanha. A Deutsche Bahn calcula que só a fase de teste impedirá cerca de 330 toneladas de dióxido de carbono de entrarem na atmosfera.

E mais: Banco do Brasil é o primeiro a oferecer transações do PIX através do WhatsApp

A DB não é a primeira a testar os trens a hidrogênio, que estão ganhando força na Europa. A empresa francesa Alstom já opera desde 2018 na cidade de Salzgitter, na Alemanha, com o Coradia iLint, equipado com células de combustível que convertem hidrogênio e oxigênio em eletricidade.

O grupo industrial também tem um serviço comercial de trem a hidrogênio na Áustria e recentemente realizou testes bem-sucedidos na Holanda. A Deutsche Bahn quer usar apenas energia verde no futuro. Sua meta é chegar em 100% até 2038, quando as últimas usinas movidas a carvão do país serão fechadas. Hoje, eles estão em 60%.

“Precisamos reduzir nosso consumo de combustível fóssil a zero”, disse Sabina Jeschke, membra do conselho da DB. “Só então conseguiremos um impacto neutro no clima até 2050. Nesse ponto, não teremos um único trem movido a diesel operando em nossa frota.”

Gostou? Nos siga no Instagram para mais conteúdos exclusivos!

Views:
272
Article Categories:
Notícias

Ver também