Desvalorização do mercado pode adiar IPO da WeWork

  • em 6 de setembro de 2019

A WeWork, companhia norte-americana que oferece espaços compartilhados para pequenas empresas, talvez mude o seu planejamento de abertura de capital (IPO), previsto para este mês. A razão estaria no preço das ações, que teriam caído pela metade desde a primeira avaliação, no início do ano.

Em janeiro, o valor da empresa alcançou os US$ 47 bilhões, muito pelo aporte de US$ 2 bilhões que recebeu do Softbank Group. Hoje, giraria em torno de US$ 20 bilhões, de acordo com levantamento publicado pelo The Wall Street Journal. A houlding We Company, que controla a WeWork, cogita adiar o lançamento das vendas. Assim, evitaria que os papéis sofram uma desvalorização crescente, cenário vivido pelos investidores que apostaram na Uber e na Lyft.

“Não ouvi nenhuma opinião otimista”, disse Rett Wallace , executivo-chefe da Triton Research, que analisa empresas pré-IPO para investidores. Ele citou justamente as startups de mobilidade urbana para justificar a queda da WeWork. Desde o início das vendas, em maio, as ações da Uber caíram 23%, puxadas para baixo, entre outros fatores, pela sequência de prejuízos. No segundo trimestre deste ano, por exemplo, as perdas no caixa da empresa foram de US$ 5,2 bilhões.

E mais: Nubank alcança US$ 10 bi em valor de mercado e acelera plano de expansão pela AL

Expansão

Com IPO próximo ou não, a WeWork quer seguir o seu plano de investimentos. A estratégia é continuar adquirindo imóveis e fechando contratos de alugueis pelo mundo. A empresa já está em 27 países.

Em Belo Horizonte, a WeWork integra o Mining Hub. Nesse projeto, ela é parceira da Neo Ventures, que desenvolve soluções tecnológicas para outras empresas. No hub, estão 22 mineradoras e uma série de startups que trabalham, de forma colaborativa, para desenvolver o setor de mineração em Minas Gerais.

Veja também:

Novos unicórnios fazem transações no mercado para crescerem mais rápido

A expansão tecnológica e do ecossistema de startups brasileiro

Crescimento exponencial de startups pode ser o sinal de mais uma grande bolha

Views:
2011
Article Categories:
Notícias

Ver também