Hub da Mineração divulga projetos de startups selecionados para aperfeiçoar o setor mineral

  • em 5 de fevereiro de 2019

Quinze startups terão mais de R$ 1 milhão à disposição para desenvolverem soluções à indústria da mineração em cinco áreas de atuação: Eficiência Operacional, Fontes de Energia Alternativa, Gestão de Água, Gestão de Resíduos e Rejeitos, Segurança: SSO e Operacional.

As empresas foram selecionadas esta semana para participarem do Mining Hub ou Hub da Mineração, situado em Belo Horizonte (MG). O valor a ser liberado às startups irá crescer, uma vez que quatro projetos estão com orçamentos ainda em avaliação. Os organizadores receberam um total de 100 inscrições, inclusive do exterior, o que demonstra o grande interesse pela iniciativa que tem o apoio do Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM).

Lançamento do Mining Hub. O projeto recebeu um total de 100 inscrições de startups, inclusive empresas do exterior. (Divulgação)

Das quinze startups selecionadas, sete estão situadas em Belo Horizonte; duas em São Paulo; e as demais em Araxá (MG), Guarulhos (SP), Anápolis (GO), Florianópolis (SC), São Leopoldo (RS) e Recife (PE).

Entre os projetos inscritos pelas startups e selecionados para serem acelerados, ou seja, desenvolvidos no ambiente do Mining Hub, estão os que propõem soluções, como o aumento de eficiência energética de equipamentos de mina;  fontes alternativas de energia; monitoramento de dados sobre o uso da água; utilização do rejeito das mineradoras para gerar novos produtos.

A lista de startups selecionadas pode ser conferida abaixo.

Lista de startups selecionadas para o Mining Start. Ciclo 1. (Divulgação)

Sobre o Mining Hub

Atualmente, 18 companhias mineradoras participam do Mining Hub. Iniciativa apoiada pelo Instituto Brasileiro de Mineração (IBRAM), o projeto reúne mineradoras, fornecedores, empreendedores, startups, pesquisadores, entre outros. Todos trabalharão no mesmo local – o prédio da We Work de Belo Horizonte (MG) – com projetos de inovação voltados exclusivamente à indústria da mineração.

Fazem parte do Mining Hub as seguintes mineradoras: Anglo American, AngloGold Ashanti, ArcelorMittal, Bahia Mineração, Bemisa, Companhia Brasileira de Metalurgia e Mineração (CBMM), CMOC International Brasil, Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), Ferrous, Gerdau, Kinross, J. Mendes, Mineração Morro Verde, Nexa Resources, RHI Magnesita, Samarco, Mineração Usiminas e Vale. Além das mineradoras, companhias da cadeia de fornecedores também endossam o Hub da Mineração: Accenture, Haver & Boecker, IHM Stefanini, ISQ, LGA, Petronas, Sotreq.

A Neo Ventures é a empresa responsável pela operacionalização do Mining Hub. Ela faz a ponte entre mineradoras e todos os stakeholders envolvidos; desenvolve e executa projetos para grandes empresas, governos e ambientes de inovação, cujos representantes acreditam que as parcerias com startups e centros de tecnologia são diferenciais competitivos para a sobrevivência e a transformação das suas instituições.

Para saber mais sobre inovação, tecnologia e o ecossistemas de startups, siga nosso portal nas redes sociais. @PortalNeoRadar

Leia mais:
We Work anuncia uma nova marca: The We Company
A expansão tecnológica e do ecossistema de startups brasileiro
Hulu entra no Super Bowl com o “ovo” mais curtido do mundo
Veja como as startups chamadas “unicórnios” estão se movimentando para um modelo de capital participativo

Views:
3301
Article Categories:
Notícias

Ver também