As 10 habilidades profissionais para a nova década

  • em 24 de janeiro de 2020

Como todo início de ano, surgem as listas de previsões, de todos os tipos. Entre as mais comuns, estão as que enumeram as profissões e habilidades de trabalho que farão parte de nossas vidas em um futuro próximo. Nessa semana, quem abordou o assunto foi o LinkedIn, rede social voltada ao mundo dos negócios, cuja estimativa de usuários chega a 550 milhões.

A plataforma listou 10 competências para a década que se inicia e, no topo, colocou o conhecimento sobre blockchain. Para a plataforma, estarão à frente do mercado os profissionais que dominarem essa tecnologia, responsável pela codificação e registro das transações envolvendo as criptomoedas.

A justificativa é que os especialistas em blockchain possuem desenvoltura para codificar documentos, armazenar dados e conduzi-los, com segurança, pelos meandros da internet. Esses profissionais serão muito requisitados no setor de serviços financeiros, jurídicos, energia, saúde, agricultura, varejo, atacado, e por aí vai. A tendência é que a tecnologia deixe cada vez mais o espectro das criptos e se dissemine por todas as atividades econômicas.

E mais: Conheça 10 inovações para os próximos cinco anos

Outras habilidades

Fora o blockchain, as outras habilidades listadas pelo LinkedIn serão, nesta ordem, o domínio de computação em nuvem; o raciocínio analítico; o conhecimento sobre inteligência artificial; o design voltado à experiência do usuário, ou design UX; a análise comercial; o marketing; as vendas; a computação científica e a produção de vídeo.

A plataforma também enumerou as cinco principais habilidades emocionais que ajudariam as pessoas a crescerem em suas profissões. Em primeiro lugar, está a criatividade. Na sequência, a persuasão, a colaboração, a adaptabilidade e, por fim, a inteligência emocional.

Veja também:

A “terceira onda” tecnológica: como encarar o cenário

A expansão tecnológica e do ecossistema de startups brasileiro

Projeto visa melhorar a vida de pessoas com mobilidade reduzida com tecnologia AI e robótica

Views:
839
Article Categories:
Notícias

Ver também