Fintechs podem cobrar dívidas em cartório sem pagar taxas

  • em 31 de dezembro de 2019

As fintechs se consolidaram como uma alternativa à rede bancária tradicional. Já são mais de 500 operando no país, de acordo com o último mapa dessas startups divulgado pela Finnovation. Número 34% superior em relação a 2018. O crescimento, porém, chega com riscos. Com mais clientes, aumenta o nível de inadimplência. Problema que também pode ser resolvido com inovação, por meio do protesto extrajudicial.

Esse instrumento é uma forma segura, prevista em lei, de intimar um devedor a quitar o débito sem precisar acionar o judiciário. Executado também on line, o percentual de recuperação de crédito por essa via é elevado quando comparado a outras estratégias de cobrança. “Além disso, o protesto extrajudicial é uma forma sem custos de reaver crédito, já que a lei nº 23.204 exime o credor de pagar qualquer taxa para tentar reaver um valor por meio da ferramenta”, acrescenta Leandro Santos Patrício, presidente do Instituto de Protesto – MG.

Quando a dívida protestada não é paga, o devedor sofre uma série de limitações. “Ele fica impedido de realizar financiamentos e empréstimos, encontra ressalvas em sua agência bancária para retirada de talões de cheque e cartões, entre outros”. Patrício explica que a dívida protestada não prescreve. As restrições desaparecem apenas com a quitação do valor devido.

E mais: Fintechs oferecem suporte para microempreendedores

Outros serviços

O protesto pode ser feito via internet, no endereço www.protestomg.com.br. O site também é útil para o devedor que deseja regularizar sua situação, já que a ferramenta possui as orientações necessárias para a quitação de débitos.

Outro serviço gratuito, oferecido pelos cartórios, também disponível via internet, é a consulta de CPF/CNPJ. “Trata-se de um meio essencial para o comerciante obter informações de crédito e, assim, decidir se a relação comercial é segura ou não”, diz o executivo.

Veja também:

Estudo aponta crescimento das fintechs brasileiras

Startup ajuda fintechs a criarem rede de saques

Itaú compra startup mineira de soluções digitais por quase R$ 600 mi

Views:
657
Article Tags:
Article Categories:
Notícias

Ver também