Empresa de cashback Méliuz deve abrir IPO

A Méliuz, especialista em cashback, contratou bancos para realizar uma oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês). Fontes próximas ao assunto informaram que entre as instituições financeiras estão o BTG Pactual, Bradesco, XP Inc e Itaú Unibanco, segundo o portal Terra.

A oferta deve acontecer até o final deste ano e a expectativa é movimentar em torno de R$ 800 milhões. A Méliuz tem 10 milhões de usuários e parceria com empresas como Magazine Luiza, Lojas Americanas, Amazon e Uber. Atualmente, a empresa tem como investidores os fundos de venture capital da Monashees, Lumia Capital e Endeavor Catalyst e o investidor anjo Fabrice Grinda.

E mais: Coronavírus: Trabalho remoto se torna comum em grandes empresas durante a pandemia

Fundada por Israel Salmen e Ofli Guimarães em 2011, a Méliuz tem cerca de 10 milhões de usuários registrados e tem parcerias com varejistas como Magazine Luiza (MGLU3), Lojas Americanas (LAME3) e Amazon e com provedores de serviços como Uber. A Méliuz também oferece cartões de crédito sem tarifa em uma parceria com o Banco Pan (BPAN4), com reembolso de até 1,8% das compras feitas.

Em meio à crise do coronavírus, a Méliuz lançou um serviço de indicações de sites e lojas online, chamado Renda Extra. Se um cliente recomendar uma loja a um amigo e essa pessoa comprar um produto ou serviço nela, esse cliente receberá uma comissão pela venda.

Gostou? Nos siga no Instagram para outros conteúdos exclusivos!

Views:
246
Article Categories:
Notícias

Ver também