Creditas, o mais novo unicórnio brasileiro, compra Bcredi para ampliar crédito imobiliário

  • em 5 de janeiro de 2021

A fintech Creditas – mais recente empresa a se tornar unicórnio brasileiro – anunciou nesta terça-feira a aquisição da Bcredi, uma plataforma digital de crédito imobiliário a juros reduzidos mediante garantias – um tipo de financiamento similar aos oferecidos pela Creditas. A compra tem o objetivo de democratizar o acesso ao crédito para o financiamento de imóveis, tanto para clientes quanto para empresas que desejam oferecer o produto aos consumidores.

O valor da transação não foi divulgado pelos sócios das duas empresas. Fundada em Curitiba em 2017 pela empreendedora Maria Teresa Fornea Caron, a Tete, a Bcredi é uma das principais startups brasileiras especializadas em empréstimos com garantia de imóvel e financiamento imobiliário.

Aprofunde no tema: Saiba o que é uma startup unicórnio e quais são as brasileiras

O foco da Bcredi é oferecer esses produtos a terceiros, em geral financeiras sem condições de criar canais próprios para esse tipo de operação, uma solução conhecida entre as fintechs como “LaaS” (lending-as-a-service). É um negócio complementar ao da Creditas, que cresceu basicamente oferecendo financiamentos com garantias diretamente ao consumidor final e por canais de venda digitais, como o site e o aplicativo próprios.

Mesmo com a fusão, a marca Bcredi continua operando. A integração entre as equipes deve acontecer gradativamente ao longo de 2021. Com a aquisição, a fundadora da Bcredi, Maria Teresa Fornea Caron, se torna a vice-presidente de crédito da Creditas.

Em dezembro, a Creditas recebeu um aporte de 255 milhões de dólares que a avaliou em 1,75 bilhão de dólares. A rodada série E foi liderada pelo LGT Lightstone e teve participação dos fundos Tarsadia Capital, Wellington Management, e.ventures e Advent International.

Os investidores anteriores da empresa, SoftBank, VEF, Kaszek Ventures e Amadeus Capital Partners também acompanharam a rodada, que começou a ser discutida em setembro. Até 2020, a Creditas havia recebido 314 milhões de dólares em investimento.

Desde 2019, a Creditas trabalha para trazer produtos financeiros além do crédito com imóvel com garantia. No ano passado, a startup de crédito passou a oferecer benefícios corporativos além de cursos e produtos de tecnologia financiados com recursos oriundos da folha de pagamento dos interessados.

Gostou do nosso conteúdo? Nos siga no Instagram e tenha acesso a mais materiais exclusivos!

Views:
135
Article Categories:
Notícias

Ver também