Conheça as 7 regras básicas da inovação

  • em 19 de outubro de 2020

A inovação é o grande segredo para a saúde e longevidade das empresas de sucesso. Ou seja, é somente com inovação que os empreendedores e executivos conseguirão trilhar um caminho de sucesso profissional.

Ter ótimas referências bibliográficas é fundamental para se manter inovando. O livro As Regras da Inovação é uma ótima dica para quem quer aprender mais sobre a inovação. Por esse motivo, na semana da Inovação, o Neo Radar trouxe as 7 regras da Inovação de acordo com os autores do livro, Marc J. Epstein, Tony Davila e Robert D. Shelton. Confira abaixo quais são elas:

1. Liderança sólida

Uma das habilidades mais importantes nas empresas é a liderança. Através do carisma e da empatia, um bom líder consegue dialogar com todos os níveis de sua organização. É fundamental que o líder exerça uma liderança sólida sobre os rumos e decisões que dizem respeito a inovação, bem como na gestão de projetos.

É função dos líderes orientar, motivar, promover e até excitar atividades voltadas para a inovação. Por isso, é fundamental abastecer toda a equipe com informações e conteúdo, da mesma forma como referências bibliográficas.

2. A Inovação deve fazer parte da mentalidade de negócios da empresa

É inegável que a inovação é primordial para o futuro de qualquer empresa. Grandes negócios só se mantêm por serem disruptivos, ou seja, por pensarem fora da caixa. Integrar a inovação à mentalidade das empresas e na gestão de projetos é de suma importância para se alcançar os melhores resultados.

3. A Inovação deve estar alinhada com a estratégia de negócios da empresa

Deve-se sempre alinhar a estratégia de inovação com o contexto do negócio da organização. Ou seja, a empresa precisa entender a sua situação e se organizar de acordo. Afinal, a inovação não é uma ciência exata, ela é única para cada tipo de empresa e segmento.

4. Estabelecer um equilíbrio entre criatividade e captação de valor

Administrar a tensão que existe entre a criatividade e a captação de valor é fundamental. A inovação necessita de pensamentos fora da caixa. Mas também de uma gestão de projetos que consiga absorver uma grande quantidade de ideias. Isso requer processos estruturados e uma administração sublime. Lembre-se, é fundamental manter o equilíbrio entre liberdade e disciplina.

5. Neutralizar os anticorpos organizacionais capazes de minar boas ideias

A mudança assusta. Quanto mais radical é a inovação, mais ela incomoda. Muitas empresas passam por esse problema, ainda mais quando ela já está estabelecida no mercado e dando resultados. Mas é fundamental que os executivos dessas corporações entendam que mudar faz bem. E que isso não quer dizer que o que está dando certo deverá acabar, mas sim melhorar. Criar a cultura da inovação é um desafio. Por isso, faça isso aos poucos, deixe que todos absorvam tudo da forma mais natural possível.

6. Redes internas e externas de inovação

Inovação requer um desenvolvimento e manutenção. Pois o natural do ser humano é procurar o mais cômodo, o mais seguro. Busque sempre referências bibliográficas para que a cultura da inovação esteja sempre presente e ativa. Utilize todas as ferramentas dos softwares de gestão de projetos. Assim, os resultados serão alcançados de forma simples e objetiva.

Existem muitas empresas que se dizem inovadoras que criam forças tarefas para projetos pontuais. Isso pode até gerar resultados de imediato, mas a longo prazo está fadado ao fracasso. Pois a cultura da inovação não chega em todos os setores da empresa, fazendo com que não seja algo orgânico.

7. Corrigir os indicadores e as recompensas – tornar a Inovação gerenciável e produzir conduta adequada

Incentivar a inovação através de metas não é sempre o melhor caminho. Isso porque, em muitos casos, os gestores preferem não arriscar muito para garantirem um melhor resultado. E isso é exatamente o oposto. Essa é a hora de errar, de arriscar, de tentar o novo.

Por isso, busque indicadores corretos para gerenciar a inovação. Crie ambientes que valorizem o risco, isso a trará, de fato, para dentro da empresa. Deixe esclarecido para todos os envolvidos como funciona o processo e sua estrutura, assim as ideias irão fluir naturalmente.

Gostou do nosso artigo? Nos siga no Instagram para mais conteúdos exclusivos!

Views:
409
Article Categories:
Notícias

Ver também