Carros elétricos estimulam investimentos pelo país

  • em 26 de setembro de 2019

O que há pouco tempo eram peças de espanto em feiras de automóveis pelo mundo, se tornaram uma alternativa viável para o tráfego nas grandes cidades. Os carros elétricos avançam cada vez mais pelas ruas brasileiras. Em 10 anos, representarão 5% de nossa frota. Uma perspectiva que vem atraindo investidores, principalmente os voltados à infraestrutura urbana.

A previsão de crescimento é do Boston Colsunting Group (BCG), que toma como base o aumento das vendas de veículos no país, que chegarão, em pouco tempo, a 180 mil unidades. Empresas já miram atender esse novo cenário. Entre elas, a distribuidora EDP Brasil, que planeja inaugurar, até 2022, 30 eletropostos em municípios das regiões sul e sudeste. O investimento se aproximará dos R$ 33 milhões.

O plano da EDP também é eletrificar boa parte das estradas que cortam São Paulo, como as rodovias Tamoios, Imigrantes, Governador Mário Covas e Washington Luís. O novo modelo elétrico integrará ainda a Via Dutra e a Régis Bittencourt. “Será um corredor atlântico ligando os dois maiores eixos do país”, afirma Miguel Setas, CEO da empresa, em matéria publicada pela Época Negócios.

“Quando me dizem ‘o Brasil tem etanol e vai demorar a adotar o elétrico’, eu respondo: o país é gigante, qualquer porcentagem é muita coisa”, diz Setas. “Com 5% do mercado já serão 2 milhões de carros e cerca de 400 mil pontos de carregamento”.

E mais: Startup canadense cria sistema que recarrega carros elétricos em 5 minutos

Os investimentos, tudo indica, não se restringirão aos da EDP. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou recentemente 30 projetos para desenvolvimento do setor, que preveem um investimento total de R$ 463,8 milhões. Siemens, Volkswagen e outras grandes multinacionais estão envolvidas.

Novos carros elétricos

As montadoras também se movimentam. No fim do ano passado, desembarcaram no Brasil os dois carros elétricos mais vendidos na Europa, que são o Renault Zoe e Nissan Leaf. Nas próximas semanas, devem aparecer por aqui o Chevrolet Bolt e uma linha completa da JAC Motors, que inclui SUVs, picapes e até caminhões.

Para o ano que vem, a Volkswagen deverá lançar o e-Delivery, caminhão de entregas, desenvolvido em parceria com a Ambev. Antes, a montadora alemã promete disponibilizar para vendas o Golf GTE.

Veja também:

Caminhão trafega com energia da própria estrada

Startup que desenvolve caminhões automáticos ganha força nos Estados Unidos

Carros autônomos: tecnologia garantirá segurança e comodidade à motoristas

Views:
925
Article Categories:
Notícias

Ver também