Campus Party discute novo mundo pós-pandemia

campus party

Um dos assuntos mais falados no primeiro dia de Campus Party foi a pandemia do coronavírus. Cultura maker na pandemia, uso de dados no desenvolvimento de cidades durante a covid-19, home office e outros assuntos relacionados à pandemia foram o foco dos palestrantes. Pudera, em um evento desse porte, não dá para fugir do tema do momento.

A Campus Party Digital Edition está sendo bem diferente do que os ‘campuseiros’ estavam acostumados. São três edições nacionais, diversos ‘palcos’ simultâneos em cada uma delas e mais de 15 palestras concomitantes em português para acompanhar. É preciso muita organização de quem quer participar para não perder nada. Nesse primeiro dia, Brasília teve boas discussões sobre o futuro do trabalho e ciência. Goiás teve papos interessantes sobre medicina e tecnologia em saúde. E a edição Amazônia tratou bastante sobre desenvolvimento social e gestão de pessoas. Mas claro que as três edições nacionais abriram espaço para vários tipos de palestras.

Há um palco em comum nas edições da Campus Party que estão ocorrendo simultaneamente em 30 países diferentes. O palco global teve como destaque no primeiro dia de evento Don Tapscott, presidente executivo do Instituto de Pesquisa em Blockchain, que falou sobre a segunda era do mundo digital. Segundo Tapscott, agora é momento de falar em machine learning, veículos autônomos, realidade virtual, uso popular de drones, geração e distribuição descentralizada de energia, entre outros assuntos.

Já Felipe Zmoginski, do blog Copy From China, iniciou a programação do palco Work Life, na CP Digital Goiás, e mostrou dez provas de que a vida não vai voltar ao normal pós-covid-19. “Os late adopters não vão voltar para a vida offline. O tiozão que não gostava de usar aplicativo de celular ou a senhora que tinha medo de usar cartão na internet passarão a usar mais o canal online.”

Uma das palestras mais esperadas do palco global, o bate-papo reunindo Al Gore, Tim Berners Lee e Vint Cerf, vai ocorrer neste segundo dia de Campus Party, às 17h. Letícia Piccolotto, do blog GovTech, vai dar uma palestra com o tema “Brasil GovTech: impactos da pandemia para a digitalização de serviços públicos”, às 17h, no palco New Horizons, na CP Digital Brasília. Já André Noel, do blog Um Sisteminha Simples, estará na palestra “Vida de Programador em Quarentena”, às 20h, no palco Work Life, na CP Digital Goiás.

Views:
142
Article Categories:
Notícias

Ver também