Campus Party se prepara para edição global 100% on-line

campus party - edição global

Campus Party acontecerá entre os dias 9 e 11 de julho de forma totalmente gratuita 

Antes mesmo de a pandemia de coronavírus chegar ao Brasil, os organizadores da Campus Party, um dos principais eventos tecnológicos realizados no país, sabiam que a edição deste ano seria diferente. Em 2020, o evento já trocou de data, saindo do início do ano, época em que ocorria tradicionalmente, para julho. A solução escolhida para driblar a pandemia foi justamente a digital, tão próxima aos campuseiros, nome dado os participantes do evento.

Essa escolha permitiu que o evento de 2020 seja gratuito e simultâneo em 31 países. Tudo pode ser acompanhado pelo YouTube e pelo site do evento, que vão transmitir as palestras. No Brasil, a Campus Party será a partir de três lugares: Brasília, Amazônia e Goiás. Em cada um deles haverá “palcos” temáticos — tudo on-line — com assuntos e palestrantes relevantes para a região. É possível assistir às palestras que acontecem nos outros países, mas elas serão transmitidas em língua local. As palestras principais serão em inglês.

Foram confirmadas as presenças de Vint Cerf, um dos responsáveis pela criação do protocolo IP, e Don Tapscott, pensador e citado como o pai da inovação aberta. “Imagine qual seria o seu conteúdo ou convidado dos sonhos. Ele estará na edição digital”, afirmou Paco Ragageles, fundador da Campus Party.

Embora seja um evento de tecnologia — conhecido pelas maratonas de hacking e pelo entusiasmo dos participantes, que levam computadores e montam verdadeiras estruturas — a Campus Party tem um traço de interação social bastante distinto. É comum que os campuseiros façam contatos profissionais e pessoais e até conversem com palestrantes pelos corredores do evento.

Em uma edição digital, essa interação fica limitada e a solução foi a adoção de um chat na plataforma de transmissão escolhida. A edição global da Campus Party vai contar com 5 mil palestras em 3 dias, entre 9 e 11 de julho. No Brasil, serão três eventos digitais: em Brasília, Goiânia e na Amazônia, que recebem “palcos” temáticos e palestrantes de interesse.

A Campus Party terá também um palco global, uma seção de palestras em que grandes nomes da internet e do setor de tecnologia vão debater assuntos como automação, análise de dados e o futuro da rede. Todas essas palestras são em inglês.

Views:
218
Article Tags:
Article Categories:
Notícias

Ver também