Apple e Tesla desdobram ações e devem atrair novos investidores

ações apple e tesla

A partir dessa segunda-feira, 31, a Apple e a Tesla deverão atrair novos investidores, já que realizaram um desdobramento de suas ações, que fará com que os papéis das duas empresas americanas sejam negociados por valores mais acessíveis na Nasdaq.

Na última sexta-feira, 28, os papéis da Apple fecharam o pregão com o valor de US$ 499,23 (cerca de R$ 2.690) e as ações da Tesla estavam cotadas a US$ 2.213,40 (aproximadamente R$ 11.933). Realizando o split das ações, a Apple irá desdobrar os papéis na proporção de uma para quatro, já a Tesla fará o split na proporção de um para cinco.

Dessa forma, os investidores que já possuem o papel terão mais ações (em quantidade), porém ficarão com o mesmo valor total. Para os novos investidores, será possível investir nestas empresas sem a necessidade de ter um valor muito alto em mãos para adquirir somente uma ação.

E mais: China ameaça boicotar Apple caso os Estados Unidos proíbam WeChat

As empresas decidiram tomar a medida com o objetivo de “baratear” o preço individual das suas ações e atrair novos investidores. Na sexta-feira, um lote de 100 ações da Apple custava o equivalente a 49.923 dólares (mais de 269 mil reais). Com o fracionamento, o valor cairia para 12.480 dólares (67,2 mil reais).

Ambas as companhias estão preocupadas com o alto valor individual de suas ações por conta de disparadas recentes. No início do ano, os papéis da Apple eram negociados por volta de 300 dólares cada um. A empresa já acumula alta de 67% em suas ações. É a maior empresa do mundo em valor de mercado, avaliada em mais de 2 trilhões de dólares.

O caso da Tesla é ainda mais emblemático. Os papéis vendidos no começo de janeiro por 430 dólares já subiram 411%, quintuplicando o valor. Somados, os papéis da montadora de Elon Musk fazem com que a companhia atinja valor de mercado superior a 411,8 bilhões de dólares. O valor é menor do que a Apple porque, mesmo com ações mais caras, há menos papéis no mercado.

O fracionamento de ações é relativamente comum no mercado financeiro. A própria Apple já fez isso quatro vezes. Amazon, três. A Microsoft, nove. Intel, seis. Companhias que não atuam no segmento de tecnologia também já realizaram a desdobra de suas ações no passado. McDonalds e Coca-Cola fizeram isso nove vezes cada. Disney, oito.

Views:
227
Article Categories:
Análises

Ver também