Amazon lança aplicativo para identificar peças de roupa

A tecnologia está, mais uma vez, a serviço do consumidor. A Amazon, multinacional de comércio eletrônico, lançou nessa semana um aplicativo que se utiliza da Inteligência Artificial para identificar, por upload de fotos, como comprar determinada peça de roupa. O nome da ferramenta é StyleSnap, mas já está sendo repercutido como o Shazam da moda.

A comparação com o aplicativo musical para smartphones se encaixa bem. Baixado por mais de 100 milhões de pessoas, o Shazam consegue distinguir qual canção está tocando no ambiente. Além disso, informa sobre a banda, o álbum, e mostra o caminho para o serviço de streaming onde ela está disponível. O funcionamento do StyleSnap é idêntico. Ao invés de canções, o usuário faz um upload de fotos de roupas. O app, então, oferece alternativas dentro da Amazon que melhor se relacionam com as imagens.

A tecnologia foi lançada na conferência MARS 2019, realizada em Palm Spring, Califórnia. “A simplicidade da experiência do cliente desmente a complexidade da tecnologia por trás dele”, comentou Jeff Wilke, CEO da Amazon Worlwide Consumer, em entrevista para The Verge.

E mais: Amazon usa games para melhorar produtividade

Wilke detalhou o mecanismo por trás do StyleSnap, que se baseia no funcionamento do cérebro humano. “As redes neurais são formadas por milhões de neurônios artificiais conectados entre si, que podem ser” treinadas “para detectar imagens de roupas, alimentando-as com uma série de imagens”, disse. “Quando alimentarmos essa rede, por exemplo, com milhares de fotos de saias, eventualmente ela será capaz de diferenciar dois ou mais estilos”.

O aplicativo é mais uma prova de que a Amazon quer marcar presença no setor de vestuário. A empresa já oferece o Prime Wardrobe, um serviço que permite o consumidor experimentar as roupas antes de comprá-las. Não faz muito tempo, lançou também o The Drop, outra experiência de consumo, em que coloca coleções inteiras são colocadas à venda durante um intervalo único de 30 horas.

Para saber mais sobre inovação, tecnologia e o ecossistemas de startups, siga nosso portal nas redes sociais @PortalNeoRadar.

Veja também:
Assistentes virtuais entram na rotina de milhões de pessoas
Darwinismo Empresarial: quem não se adapta, não evolui
Dicas para melhorar a inovação de grandes empresas

 

Visualizações:
11912
Categorias:
Notícias

Ver também